Arquivo | Receitas RSS feed for this section

O que tem pra hoje?

3 fev

Eu odiava o cheiro de xixi que saía do funghi quando alguém fazia perto de mim. Minha mãe, amigos, vizinhos… Não dá pra não sentir. É um cheiro forte. E eu acho que parece com cheiro de xixi. Por isso, nunca ousei provar. Comida tem que ter cheiro bom. ECAAA mil vezes!!

Até que um dia experimentei um risoto MARAVILHOOOOOOOSO de funghi. Mas era risoto mesmo. Feito por um chef, com arroz especial e toda a pompa. Tava com uma cara tão boa que deixei o meu preconceito olfativo de lado – também, não presenciei o preparo – e experimentei.

A partir daí, me apaixonei. Risoto de funghi, macarrão com molho funghi, funghi com mingnon… Batia até desejo de comer funghi do nada! Santo chef!!!

Esses dias botei na cabeça que queria comprar e fazer. “Mãe, como faz funghi?” E minha mãe dizia: compra ‘in natura’ que é mais gostoso e não sai o tal cheiro de xixi.

Fui comprar ‘in natura’: caaaaaaro. Tipo 12 reais a bandejinha. Pensei: “ah, vale mais a pena comer na rua”.

Por algum outro motivo – sempre tem um – entrei em uma casa de produtos naturais e passeando pelas prateleiras como se nada, avistei: “Funghi secchi”. Pensei: “vou arriscar!” O pacotinho de 30 gramas custava 3 reais. E eu como uma cozinheira nata (hehe) sei que coisa seca precisa colocar de molho e, de molho, a coisa cresce.

Levei.

E fiz. Ainda não comi. Tô esperando o Hívan chegar. Aguando aqui!

E nem fedeu muito.

O almoço de hoje será macarrão com molho funghi.

Vou contar como fiz. Foi muito rápido!!!

Precisa de:

– A quantidade que quiser de funghi seco;

– Cebola cortada em rodela (também a gosto);

– Uma caixinha de creme de leite;

– Shoyo;

– Óleo – usei de canola.

Lave muuuuuito bem o funghi, pra tirar a terrinha q tem nele. Nessa etapa você já vai sentir ele amolecer. Aí deixe de molho por uns 20 minutos na água fria mesmo. Enquanto isso, coloque um pouco de água pra ferver. Escorra a água fria, lave mais um pouquinho e deixe de molho na água quente (fora do fogo) até a água esfriar. Quando esfriar, escorra  deixando só um pouquinho de água. Separe. Nesse momento ele já tem que estar bem maior e molinho.

Doure a cebola no óleo e acrescente o funghi com aquele restinho de água. Mexa bem, acrescente um pouco de shoyo e pro último o creme de leite. Mexa até dar o ponto que desejar.

E tá pronto.

Macarrão você sabe fazer né?

Anúncios

Bolo mesclado

25 jan

Amo bolo mesclado! Aí, encontrei no Gaveteiro essa receita que é super fácil de fazer e os ingredientes são aqueles que você sempre tem em casa.

Ingredientes e Utensílios:

– 4 ovos
– 1 e 1/2 xícaras de chá de açúcar
– 1 xícara de chá de óleo
– 2 xícaras de chá de farinha de trigo
– 1 xícara de chá de leite
– 1 colher de sopa de fermento em pó
– 2 colheres de sopa de chocolate em pó
– Margarina e açúcar para untar
– assadeira média (se quiserem deixar sem recheio, pode ser feita na assadeira de furo no meio, agora se quiserem rechear, é bom fazer em assadeira redonda)
– Liquidificador

Modo de fazer:

Bata todos os ingredientes no liquidificador, exceto o chocolate, até obter uma mistura homogênea. Separe 1 xícara de chá da massa e coloque o restante na assadeira untada com a margarina e polvilhada com açúcar. Misture o chocolate na massa separada. Em seguida, espalhe a massa com chocolate sobre a massa que está na forma. Leve ao forno pré-aquecido a 200° por mais ou menos 30 minuots. Caso tenha dúvida se está assado ou não, faça o teste do palito.

Não precisa rechear, mas se quiser…

Recheio:

Antes de rechear você deve separar o bolo em 2 partes. Para fazer isso, ele tem que estar frio. Use uma faca grande de serra para separar o bolo na horizontal, claro. O receheio vai entre essas 2 partes, mas antes de colocar o recheio, eu aconselho a molhar o bolo. Aí fica a pergunta: molhar com o quê? Eu gosto de usar guaraná, mas cuidado, não é para encharcar, é só para umedecer a massa. Faça isso com o auxílio de uma colher, não vá simplesmente despejando o guaraná em cima no bolo. Feito isso, é só colocar o recheio e finalizar.
Sugestões de recheio: Brigadeirobeijinho e creme de coco. Se quiser, ainda pode fazer uma cobertura para colocar sobre o bolo. Eu recomendo ganache(sempre!) ou calda de chocolate.

Comidinha rápida de domingo

22 jan

Sabe aqueles domingos que você não está nem um pouco afim de encarar o fogão?

Eu passo muuuuito por isso. E não é só aos domingos. Adoro cozinhar, mas tem horas que bate uma preguiiiiça.

Aí você acaba fazendo aquele strogonoff de sempre, ou aquele famoso omelete com as sobras da geladeira.

Não que um omelete não seja delicioso, mas tem comidas que são tão simples e rápidas quanto. E a gente tem preguiça de inventar, procurar receita… Grande bobeira.

Eu confesso que sou daquelas que cozinha com a página de receita aberta, mas mudo tudo na hora de fazer.

Então, em vez de fazer strogonoff, dessa vez eu tenho uma dica pra sair da mesmice!

Você precisará de:

– 1 frigideira grande;

– 2 peitos de frango;

– 1 ou 2 tomates;

– 1 ou 2 cebolas;

– temperinhos verdes;

– alho picado;

– shoyo;

– e o que mais você quiser colocar (vale azeitona, ervilha, palmito…).

Aí é só cortar o frango em tirinhas finas e temperar com alho, cortar a cebola em rodelas e o tomate bem picadinho.

Nessa ordem, fritar a cebola, juntar o tomate e depois o frango.

Quando o frango tiver bem douradinho, adiciona o shoyo (cuidando para não salgar demais) e os temperinhos que quiser. Eu usei manjericão e tomilho.

Faz um bom arroz pra acompanhar e tá pronto.

Vejam que enfeitei o arroz com um raminho de manjericão e ficou chic!

Esse arroz é integral e eu misturei Quinoa. Quinoa é um grão riquíssimo em fibras e nutrientes. Dá pra comprar em casa de produtos naturais – no formato grão. É ótimo para fazer saladas, mas eu gosto mesmo é de cozinhar junto com o arroz. Fica uma delícia (e ainda economiza, porque a Quinoa não é baratinha).

Hummmm…

10 jan

Num disse que ia falar de comida?!

Eu queria esperar até passar as fotos pro computador… Mas tô muito ansiosa pra contar sobre essa experiência fantástica!

Então resolvi usar as fotos do site:

E juro que em breve posto as fotos do resultado que obtive!

Gente, não sei se posso dizer que foi uma grande descoberta minha ou se foi uma grande invenção dos criadores… Mas a ideia é genial e proporciona milhares de prazeres para acabar com a cara ‘pacata’ da cozinha nossa de cada dia.

É só acessar o site do Home Chefs e escolher (é difícil escolher um só!) o que quer se deliciar. E o melhor de tudo é que você não se delicia apenas comendo. Todo o preparo fica por sua conta. Imagina só!!! Você ganha o título de chef!

Eu fiz um super almoço sofisticado e ganhei todos os créditos. Todos vinham me parabenizar e eu podia falar tranquila: “Eu que fiz!”.

É ótimo para quem gosta de cozinhar na companhia do amor e também é uma terapia maravilhosa para quem gosta de cozinhar na paz, sozinha/o.

São kits com especiarias que dificilmente você encontra no mercado. Cada kit vem com os ingredientes principais – já nas medidas certas, com o modo de preparo e uma listinha com que você vai precisar comprar fresco (coisas de mercado, que num daria para ser entregue por sedex – frango, camarão…).

Tudo muito bem detalhado e explicadinho em um lindo material! Até guardei a minha caixa… Dá pena de jogar fora!

A minha experiência foi muito divertida e o resultado foi perfeito! E rendeu muuuuuito! A gente almoçou, jantou e almoçou no dia seguinte! Sem nenhum problema do tipo: “aiii, de novooo”. Quando coloquei no microondas do trabalho veio todo mundo me perguntar: “hummm, que cheiro bom é esse???”.

E o melhor: chega rapidinho pelo sedex e o frete é grátis!!

Não deixem de visitar o site deles www.homechefs.com.br, nem que seja só para olhar!!!

Isso não é propaganda! Não tô ganhando nada! Hahahahah!! É que o resultado foi tão bom que vale a pena compartilhar!!!!

Ahhh!!! O kit que escolhi, da foto acima, foi o “Jambalaya” – uma espécie de risoto típico de Nova Orleans.

%d blogueiros gostam disto: