Arquivo | Decoração RSS feed for this section

Tecendo ideias

18 jan

Ontem aprendi uma técnica no Blues Velvet Chair e saí cortando e dobrando até chegar a um ótimo resultado.

É um tear com folha de revista.

É só pegar um monte de revista e procurar páginas bonitas, com um colorido legal… Eu fiz 3. Um foi todo colorido, outro todo preto e branco e outro mix. Ficaram muito bons! Me apaixonei.

Se usar 12 folhas de revista fica um quadrado mais ou menos do tamanho de um jogo americano – pode ser usado para isso.

Olha como faz:

Arranca as 12 folhas.

Dobra cada uma no meio (ou todas de uma vez só).

Corta todas ao meio.

Agora dobra cada metade em 3.

Deixa dobrada.

Aí dobra cada uma no meio (de ponta a ponta).

Várias tiras prontas.

Agora é só ir tecendo. Uma tira dentro da outra, uma pra trás uma pra frente. Entendeu?

O meu deu nisso:

E nisso (gostei tanto que coloquei na parede em cima da tv).

Que tal?

Anúncios

Coisas legais…

17 jan

… para distrair da TPM.

 

 

Divirta-se mais em Blue Velvet Chair e em Achados Dali e Daqui, que  a queridona Bebel me indicou e eu AMEIIII!!!

De coração!

12 jan

Desde que eu e o Hívan mudamos para o nosso cantinho (antes de casar), ou melhor, desde que eu ganhei meu primeiro quarto (separado dos irmãos) eu viro e reviro revistas, páginas da internet, programas de tv, papelarias e principalmente reviro a minha cabeça para extrair ideias de como deixar o local que mais gosto de estar mais gostoso ainda.

Gosto de cor, de mão na massa, de vida. Também gosto do luxo, do clássico, do básico. Gosto do vintage, do moderno, do todo branco, do minimalismo e do brutalismo. Gosto de uma coisinha ou outra trash  ou brega pra eu chamar de estiloso, retrô. Amo plantas, flores e cheiros… E cada canto do canto me encanta.

Mas (aí sim) desde que temos a nossa própria casa, o lugar que mais gosto de estar não se limita mais a um quarto. Pra ser sincera, hoje em dia o quarto é o que menos me preocupo. Sendo escurinho, limpinho e aconchegante, tá ótimo. Mas a cozinha tem que ser um lugar agradável, a sala tem que ser confortável, o corredor não pode cansar os olhos – já que passamos sempre por ele -, enfim… Me pego pensando: ‘ahh, um poster ia ficar bem ali’, ‘hum, aqui tá precisando de vida’, ‘iii, esta organização não está prática’… Ai quero mexer, quero fazer, quero pintar, quero incluir, quero tirar…

Só que vamos e convenhamos: a maioria de nós acha tudo lindo, se encanta, sonha, mas a ponta do lápis não nos escapa. Vida de casado num é baratinha não. Tem luz, condomínio, compras, carro, gasolina, lanche, passagem… E pra nós dois ainda tem o aluguel.

E aí é que pega. O alugado.

Você faz tudo pra deixar a sua cara, mas não pode furar muito, não pode pintar muito, não pode quebrar nada…

Grande desafio! Decorar, sem muito dinheiro, um apartamento alugado. Nessas horas vai bem ser criativa. E se você não for, faz do seu jeito que vai criando habilidade. O primeiro vai ficar uma cagada, depois vai aperfeiçoando. Eu acho que dá!

Ia postar umas fotos de uma ideia boa que tive, facílimo de fazer… Mas escrevi muito. Deixa pra amanhã!

%d blogueiros gostam disto: