Archive | Buscas RSS feed for this section

Achei!

3 jul

Achei o sapato!! Na Zara! Escolhi sandália! É linda demaisssss!

Não consegui uma foto na internet e tô com muita preguiça de tirar, carregar, salvar… Fica um gostinho de curiosidade aí pra vocês!!!

Melhor de tudo: tava na promoção! De R$159 por R$59!

Melhor de tudo²: dá pra usar em outras ocasiões!

 

Ternos para casamento de dia

3 jun

A pedidos…

Ser homem nessas horas é bom porque não precisa ficar se preocupando com cor, comprimento, frio, formalidade do evento e blá blá blá. É só ter bom senso. Terno é terno. E gente, não tem essas frescuras de usar preto de dia não (apesar de a maioria indicar terno mais claro). Terno preto é básico e vale em qualquer ocasião.

Para inspirar, algumas fotos …

Quaaaase!

9 maio

Burocracias quaaaase ok! Já estamos com as certidões atualizadas na mão, a papelada da igreja já tá com o padre, os convites já foram quase todos entregues… Já escolhi o bouquet, os docinhos, já enviei o cronograma do casório preenchido para a Rosângela, Hívan já comprou o terno, já tá tudo ok com a Milzana, os padrinhos já estão conversados sobre a lua-de-mel, daminha de honra suuuper bem providenciada… Falta pouquinho genteeee!!

Em breve vamos marcar o Bendito no cartório! Aí eu conto tudo! Claro!

Agora falta o sapato, que ainda tô com preguiça. E falta concentrar no $ do grande dia! Tudo vai ser pago na hora e os preparativos financeiros devagarzinho vão ao longe…

Bomm, só pra não perder o contato com vocês e de vocês! Além da correria de sempre,  ainda arrumei de ficar doente! Beleeeza!

O terno

1 maio

Ontem fomos atrás do terno do Hívan! Ai que emoção!!!

Sabemos que alugar um terno pro noivo é algo bem mais conveniente e barato. Mas no nosso caso, a vó do Hívan, queridona Bazinha, sempre sonhou e prometeu a ele que no dia ‘dele’ ela faria questão absoluta de dar o terno!

Realizando seu sonho, não só de ver nos ver casando, fizemos questão de escolher um terno bem lindo pra que seus olhos brilhem ao ver seu lindo neto mais lindo ainda, num momento tão especial. E mais: pra que ela sinta a felicidade em ter participado da definição de um dos pontos tão importantes quanto o vestido da noiva e o bolo: o terno do noivo. Bá vai ter a exclusividade em pensar que o neto dela estará tão lindo naquele dia porque ela deu o terno! Posso imaginar… Toda fofinha, com os olhinhos cheios de lágrimas de alegria e orgulho do netão querido!

E diga-se de passagem, naturalmente lindo! Independente do terno!

Mas o terno também é lindoooo! Muito chic! E moderninho! Ele fez questão de algo bem compatível ao momento, ao horário, ao estilo do casório! E escolheu muito bem… Eu só dei umas coordenadas e depois fui para dar o aval. Não vou descrever o terno pra não perder a graça… Morram de curiosidade!

Meninos e respectivas(os), aí vão umas dicas:

Um terno deve ser escolhido de acordo com a ocasião, estação do ano, horário do uso (noite ou dia), grau de formalidade… Mas é fundamental que seja um modelo que vista bem, que seja confortável e tenha as medidas certas. A manga do paletó, com os braços esticados, deve bater na altura no ossinho do dedão. A bainha da calça não pode dobrar em cima do peito do pé e para isso deve ser marcada descalço, rente ao chão (na linha entre o pé e o chão). A camisa e a gravata devem ser escolhidas também de acordo com a ocasião, e apesar de acharem que não, super combina e é chic blusa de listra com gravata estampada (pontinhos, listras, escama de peixe, relevo…). Mas sem exageros! Sempre. Um terno já serve pra ser usado com certa formalidade. Trabalho, casamento, festa, eventos… Então, nada de camisa floral, ou aquelas gravatas de loney-toones. A meia tem que ser da cor da calça ou da cor do sapato. Se está de gravata, é bom usar um cinto e a pontinha dela deve bater na altura da fivela do cinto. De manhã, prefiram mais claros e mais leves. Mas um terno preto é básico e pode ser usado em qualquer horário (só cuidem com os tecidos – se não são muito grossos, ou brilhosos, ou foscos demais – porque aí sim, o uso vai variar).

Casa[r]

6 abr

Dizem que quem casa quer casa. Se desde criança eu já procurava nas mesinhas de consultórios revistas sobre construção, decoração e afins, imagina com esse dito sendo verdade.

Gente! Eu to viciada em casa! Eu passo na rua olhando e imaginando como as pessoas vivem, eu entro em mil sites, estudo várias plantas, decoro mentalmente cada espaço… Só falo disso. Daqui a pouco o Hívan foge de casa de tanto que tenho azucrinado ele com isso.

É que agora, por causa do casamento, os gastos tão limitados e não dá pra entrar num financiamento, e muito menos ter um dinheiro para dar de entrada. Mas aqui em Floripa ainda existe a possibilidade de gente que não tem muita grana comprar um apartamento, ou uma casa. (Não venham para cá por isso! Se não quando eu puder comprar, num vai dar mais rsrsrs).

Só que, ao mesmo tempo, a idéia de casamento, me remete a sair do improviso, arrumar meu cantinho, parar de jogar dinheiro em um buraco chamado aluguel. Nessas horas queria ter algum privilégio, ganhar um $ de presente para a entrada, ou quem sabe ganhar o imóvel. Acontece que nem eu, nem o Hívan temos famílias com essas condições…

Aí tem que esperar, juntar dinheiro… E segurar os presentes até o dia que conseguirmos essa realização por nossa conta. Mas a gente vai conseguir!

E eu vou sossegar o facho, antes que perca o marido sem nem ter casado ainda… hahaha.

Mas não me deem propostas, idéias, nem um passeio à Tok&Stok, nem uma revista “Casa”. Também tirem do meu campo de visão sites de empreendimentos novos e muito menos aquelas propostas absurdas de “Realize seu sonho com 500 reais de entrada”.

Hahahah. Só pra dividir essa obsessão com vcs.

 

Presentessssss!!

24 mar

Gente! Acabei de preparar as listas de presentes. A da Tok&Stok já tava pronta desde janeiro… Mas a das Lojas Americanas só podia ser feita 4 meses antes do casório.

Aiii, to muito animada! Tem de tudo nas listas. Desde coisas bem ace$$íveis até coisas mais carinhas. Aliás, essa é a dica. Se a lista ficar enorme, não quer dizer que você está pedindo tudo aquilo. Mas dando opções para que seus convidados fiquem mais à vontade para escolher algo que queiram dar e algo que possam pagar.

É importante que escolha poucos lugares para deixar listas. Quanto menos lojas, menos apurrinhação com liberação dos pedidos, burocracias e menos tempo esperando as coisas chegarem (te prendendo dentro de casa).

É legal escolher lugares que tenham de tudo um pouco. Hoje em dia, a maioria das lojas fazem lista. E o melhor de tudo: fazem lista virtual. Que você pode alterar, incluir, tirar, acompanhar tudo sem precisar ir ao local. Sem contar que também é muito mais cômodo para os seus convidados. Lógico que tem aqueles que gostam de ir às lojas, escolher com as mãos um presente legal, enfim… Essas pessoas não estão proibidas de fazer isso. Mas que vale a pena convencê-las de que o mundo virtual é mais atraente, vale…

Existem lojas, que te dão a opção de retirar os presentes comprados ou acumular crédito para trocar pelo que quiser. Desta forma, você fica livre pra querer, ou não, ganhar aquele presente. Pode parecer deselegante com quem comprou e tal. Mas a pós-modernidade é isso, gente. Quantas vezes você já não foi trocar uma blusa que queria tanto (antes de ganhar)?

Essas dicas, quem deu foi um casal de amigos, parceiros, que casaram há pouco. E que vão ser nossos padrinhos.

Qualquer questão, estou expert! Podem me consultar. E se alguém quiser nos dar um presentinho (rsrsrs) a temporada está aberta e os links estão ali no cantinho. Hahahaha!

Bjo, galera!

Anda, anda e anda…

10 fev

Andei muuuuuuito hoje. Consegui fazer um pouco das coisas que precisava! No balanço, consegui fazer uma coisa. Mas uma coisa que valeu por várias!

Primeiro eu fui no salão. Depois fui no PROCON! Fui no PROCON! Caraaaa, o que é aquilo?!! Já tinha ido antes, mas essas coisas a gente sempre esquece – o sentimento sentido naquele dia. Afinal, sempre é ruim!

Cheguei lá 13h – a hora que abre – e logo fui chamada para cadastro. Foda é depois do cadastro. “Espera que vai te chamar pelo nome, senhora”. Ok! Cheio de gente estressada ao limite. Todos fingindo estar tudo no mais perfeito estado de tranquilidade. Mas vai ver o problema de cada um ali… Só o cara da minha frente, tinha uma cobrança errada para reclamar. O que era pra ser 49,90 estava sendo cobrado pela Tim por 968,90. Bizarro! Mas, depois de umas 2 horas eu consegui resolver o meu problema com a Tim. Só o meu. Ainda falta o do Hívan. Que não poderei mais tentar fazer por ele porque a partir de sexta 13h estou na escola já.

Aí gente, fui procurar o sapato. Lá no centro. Porque já tinha ido outro dia no shopping. Andei muitooooo!!! Acho que o maior desafio de todos é encontrar um sapato de noiva. E num é só um scapin branco e deu. O meu vestido não é branco. É pérola. Então, se achar um sapato branco já é difícil, imagina achar um pérola?! Entrei em todas as lojas. Desde Arezzos até aquele muquifos com ventilador. Passando por aquelas lojas cafonas de sapato de festa caríssimo e pelo camelô de sapato. NÃO ACHEI!!!

Não queria nada diferente disso aí do lado. É um sapato que nunca mais vou usar. Tem que ser barato. A única exigencia é combinar com o vestido. E eu não sou muito adepta dos coloridos.*

Cinco horas da tarde resolvi ir embora com o Hívan. Quem andou 3h já, anda mais 2 fácil. Fui andando até o shopping (um pouco longe de onde eu estava). Vai que surgia uma loja de sapato no meio do caminho. Tinha que fazer hora mesmo até as sete…

Aiii, sei que eu andei muito. Tô morta desabada aqui no sofá rsrs. E tinha que contar a odisséia do “bendito” sapato.

* se alguém achar me fala! Meu número é 37.

%d blogueiros gostam disto: