O terno

1 maio

Ontem fomos atrás do terno do Hívan! Ai que emoção!!!

Sabemos que alugar um terno pro noivo é algo bem mais conveniente e barato. Mas no nosso caso, a vó do Hívan, queridona Bazinha, sempre sonhou e prometeu a ele que no dia ‘dele’ ela faria questão absoluta de dar o terno!

Realizando seu sonho, não só de ver nos ver casando, fizemos questão de escolher um terno bem lindo pra que seus olhos brilhem ao ver seu lindo neto mais lindo ainda, num momento tão especial. E mais: pra que ela sinta a felicidade em ter participado da definição de um dos pontos tão importantes quanto o vestido da noiva e o bolo: o terno do noivo. Bá vai ter a exclusividade em pensar que o neto dela estará tão lindo naquele dia porque ela deu o terno! Posso imaginar… Toda fofinha, com os olhinhos cheios de lágrimas de alegria e orgulho do netão querido!

E diga-se de passagem, naturalmente lindo! Independente do terno!

Mas o terno também é lindoooo! Muito chic! E moderninho! Ele fez questão de algo bem compatível ao momento, ao horário, ao estilo do casório! E escolheu muito bem… Eu só dei umas coordenadas e depois fui para dar o aval. Não vou descrever o terno pra não perder a graça… Morram de curiosidade!

Meninos e respectivas(os), aí vão umas dicas:

Um terno deve ser escolhido de acordo com a ocasião, estação do ano, horário do uso (noite ou dia), grau de formalidade… Mas é fundamental que seja um modelo que vista bem, que seja confortável e tenha as medidas certas. A manga do paletó, com os braços esticados, deve bater na altura no ossinho do dedão. A bainha da calça não pode dobrar em cima do peito do pé e para isso deve ser marcada descalço, rente ao chão (na linha entre o pé e o chão). A camisa e a gravata devem ser escolhidas também de acordo com a ocasião, e apesar de acharem que não, super combina e é chic blusa de listra com gravata estampada (pontinhos, listras, escama de peixe, relevo…). Mas sem exageros! Sempre. Um terno já serve pra ser usado com certa formalidade. Trabalho, casamento, festa, eventos… Então, nada de camisa floral, ou aquelas gravatas de loney-toones. A meia tem que ser da cor da calça ou da cor do sapato. Se está de gravata, é bom usar um cinto e a pontinha dela deve bater na altura da fivela do cinto. De manhã, prefiram mais claros e mais leves. Mas um terno preto é básico e pode ser usado em qualquer horário (só cuidem com os tecidos – se não são muito grossos, ou brilhosos, ou foscos demais – porque aí sim, o uso vai variar).
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: